Seja bem-vindo.

Releases
(18/03) Ritinha Prates pede apoio da prefeitura de Araçatuba para o credenciamento de novos leitos

Em reunião realizada nesta terça-feira (17) com o prefeito de Araçatuba (SP), Dilador Borges, e a vice-prefeita, Edna Flor, a diretoria da Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates solicitou apoio do Executivo municipal para o credenciamento de 24 novos leitos. As unidades estão prontas e equipadas, e para entrar em operação precisam ser credenciadas junto ao Ministério da Saúde no modelo UCP (Unidade de Internação em Cuidados Prolongados), destinado ao acompanhamento de usuários com quadro clínico estável, mas que necessitam permanecer sob cuidados especializados por mais tempo. O objetivo é estimular a rápida recuperação e a reabilitação do usuário.

 

Os diretores que participaram da reunião explicaram ao prefeito que, uma vez credenciada, a UCP acabará inclusive contribuindo com a liberação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da rede pública, que eventualmente necessitem ser utilizados no atendimento a pacientes em tratamento do Covid-19.

 

“Este processo (credenciamento) está em andamento desde 2018. Para ter esses leitos e oferecer o serviço nós já estamos habilitados junto à Comissão Intergestora Bipartite, que é uma instância colegiada de decisão do SUS estadual, integrada pela Secretaria Estadual de Saúde e por representantes dos Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. Agora, o processo está sob análise para a habilitação do ministério, para que esses leitos sejam custeados mensalmente pelo SUS. O fato é que, quanto mais rapidamente isso ocorrer, melhor para a população”, explicou a presidente da instituição, Vanilda Maria Barboza (Vanda).

 

Caso sejam habilitados pelo Ministério da Saúde, os 24 leitos passarão a atender os 11 municípios da área central da DRS-II: Araçatuba, Auriflama, Guzolândia, Nova Castilho, Nova Luzitânia, Bento de Abreu, Guararapes, Rubiácea, Bilac, Santo Antonio do Aracanguá e Valparaíso.

 

Dilador avaliou a ocasião como uma oportunidade ímpar de ampliar o número de leitos do hospital, de Araçatuba e da região, diante da questão de saúde pública envolvendo o novo coronavírus. O prefeito colocou-se à disposição da entidade e comprometeu-se a intermediar o contato junto ao Ministério da Saúde para agilizar o processo de credenciamento. “Conheço e admiro o trabalho sério realizado pelo Ritinha Prates, e farei o que estiver ao meu alcance para acelerar esse credenciamento. Não podemos perder tempo”, afirmou.

 

Também participaram da reunião o vereador Jaime José da Silva (Dr. Jaime) e a enfermeira Paula Roberta Pedruci, integrante do Comitê Especial de Operações (COE) criado pela prefeitura para enfrentamento ao novo coronavírus.

 

A Ritinha Prates

 

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates existe desde 1977, e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates, com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos. A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos por mês.

 

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos.


Página Anterior
 

Melhor Notícia Comunicação - Todos Direitos Reservados

FlickR
Twitter
Facebook
Youtube