Seja bem-vindo.

Releases
(08/12) Parcerias entre segmentos é estratégia para crescimento dos negócios
Formar parcerias pode ser extremamente benéfica para empresas, poder público, ONGs, profissionais liberais etc. Atualmente, a união de esforços para alcançar um ou mais objetivos comuns, superando limites que muitas vezes uma entidade enfrenta de forma isolada no mercado é alternativa interessante tanto para oferecer diferenciais ao público que se quer atingir, quanto para alcançar um nicho mais amplo.

Com a cooperação mútua, as partes envolvidas têm grande possibilidade de crescer financeiramente e expandir as suas respectivas marcas. Outras vantagens são maior visibilidade no mercado, ganho de produtividade e soma de qualidades. Tudo isso melhora o potencial competitivo das organizações, especialmente se os concorrentes diretos não se posicionam estrategicamente.

Na região de Araçatuba (SP), são vários os exemplos de parcerias bem-sucedidas entre empresas, empresas e poder público, empresas e profissionais liberais, poder público e entidades, entidades e entidades etc. Em todas elas, houve complementação de marcas com atração de público-alvo, valor agregado a produtos e serviços e captação de patrocinadores, entre outras situações, numa relação na qual todos parceiros saem ganhando.

Entidades e poder público

A parceria firmada entre o SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste), a Prefeitura de Araçatuba e ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha), firmada no início deste ano, proporcionou ao sindicato, ao município e à associação ganhar maior visibilidade, atraindo público ao recinto de exposições Clibas de Almeida Prado, assim como fidelizando os criadores e interessados na raça equina.

Tudo começou cessão por parte da prefeitura da área na qual foi construído o maior e mais moderno complexo esportivo equestre de América Latina. Com a concessão, que tem validade por 20 anos, e que pode ser renovada por igual período, o SIRAN conseguiu trazer os investimentos, e consequentemente, as competições da associação.

Além de dar suporte aos eventos, o SIRAN conseguiu atrair mais entidades de outras raças, realizando competições e transformando a cidade de Araçatuba na Capital Nacional do Cavalo. Para o presidente do sindicato, Fábio Brancato, a construção do complexo equestre é a materialização de um projeto que contou com a soma de esforços. “Esse foi um grande empreendimento, no qual o SIRAN investiu R$ 30 milhões, com potencial de retorno superior a R$ 36 milhões ao ano. Somos muito gratos ao (prefeito) Dilador, que esteve muito presente em todo esse processo, desde a época do Viol (Marco Antônio Viol, presidente do SIRAN de 2014 a 2017), sempre nos apoiando e se colocando à disposição para qualquer demanda nossa. O deputado estadual Cauê Macris também foi importantíssimo, assim como o (ex) governador Geraldo Alckmin. E jamais nos esqueceremos dos criadores Jamil Buchala Filho e José Macário Perez Pria, que foram os primeiros entusiastas da ideia das provas da ABQM virem para cá. Sem todos esses parceiros, nada disso teria acontecido”.

Empresa e poder público

Em Birigui, a parceria firmada entre a construtora BRN e a prefeitura rendeu benefícios para os servidores municipais, que acabou sendo estendida a trabalhadores do comércio e da indústria calçadista local. Isso porque, no lançamento do residencial Novo Portal do Parque – no prolongamento avenida José Masson, na região Norte da cidade –, com mais de 700 casas, a empresa isentou os servidores interessados de custos cartorários e do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), o que soma, em média, R$ 2.500,00.

Depois da repercussão positiva do acordo, ele acabou sendo ampliado para os trabalhadores nas indústrias filiadas ao Sinbi (Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui), assim como para os empregados das lojas associadas à ACIB (Associação Comercial e Industrial de Birigui). Buscamos parcerias sólidas e duradouras com as três entidades. “Acredito falar por todos os envolvidos ao dizer que, em todos os casos, a relação é de confiança mútua entre esses parceiros, sendo via de mão dupla que torna o processo mais rápido para a BRN e para os trabalhadores que querem comprar a sua casa própria, e indiretamente para a prefeitura, o Sinbi e a ACIB”, comenta o diretor da BRN, Evandro Cruz.

Com um plano agressivo de mercado, a construtora montou um plantão de vendas na rua Barão do Rio Branco, 451, no Centro da cidade, para fazer os pré-cadastros dos interessados no empreendimento. “A ideia da empresa é agilizar a aprovação (do cadastro) no programa Minha Casa Minha Vida, e vendermos todas as unidades o mais rapidamente possível, aproveitando o momento de retomada da construção civil”, explica Cruz.

Empresa e profissionais liberais

Com projeto arquitetônico moderno e sustentável, além de equipamentos de última geração, o Hospital do Olho de Araçatuba (HO) traz para a cidade um modelo inovador de parceria entre empresa e profissionais liberais. Com investimento inicial superior a R$ 15 milhões, os 15 consultórios e cinco salas de cirurgia da unidade poderão ser locadas por clínicos e cirurgiões oftalmológicos.

“A ideia é que os profissionais de Araçatuba e região tenham a sua disposição uma estrutura bem dimensionada e adequada as suas necessidades. O HO será referência no tratamento dos distúrbios da visão, como glaucoma, descolamento da retina, transplante de córnea, catarata e estrabismo, com foco na excelência na correção e no prognóstico dos pacientes. Aqui será uma extensão da clínica do médico”, diz o relações públicas do empreendimento, Henrique Alves.

No modelo cooperativo proposto, os médicos especialistas que atenderão no HO estarão apoiados por ampla infraestrutura e equipamentos ópticos modernos. Este tipo de parceria configura um modelo inovador e dinâmico que proporciona maior rotatividade de profissionais e consequentemente, de pacientes atendidos. Trata-se de um só lugar, atendendo a diversos tipos de patologias. A unidade funcionará como um hospital/dia, com serviços ambulatoriais, sem leitos para internação, apenas com alas de recuperação pós-cirúrgica, garantindo qualidade técnica e operacional superior.

Previsto para ser inaugurado no final de janeiro do ano que vem, o HO fica no prédio do antigo centro de processamento de dados do antigo Banespa, no jardim Nova Iorque.  O empreendimento vai gerar aproximadamente 80 vagas diretas e indiretas de trabalho.

Entre entidades

A parceria entre ONGs também tende a ser salutar, já que é baseada na política do ganha-ganha, e muitas vezes quase que imprescindível para a sobrevivência das pequenas entidades. É o que ocorre entre a Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP) e o Comdica de Araçatuba (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

A atuação conjunta das entidades envolve ações de comunicação. As duas organizações trabalham na divulgação da campanha que estimula pessoas físicas e jurídicas a fazer doações dedutíveis no Imposto de Renda (IR) indicando as entidades sociais a serem beneficiadas. Para esse processo, é preciso optar pela declaração completa, destinando até 3% do valor do imposto ao FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), no caso da pessoa física, e até 1% no caso de pessoa jurídica. 

Com mais de 40 anos de fundação, atendimento a 61 usuários com deficiências neurológicas severas e irreversíveis, por meio do hospital neurológico, e mais de 500 pessoas no Centro Especializado em Reabilitação (CER), a Ritinha Prates tem credibilidade e visibilidade para ampliar a veiculação da mensagem do Comdica. Por outro lado, vale-se também de parte dos recursos doados, pois tem projetos inscritos no Conselho.

“Com esse trabalho mútuo de divulgação as duas entidades conseguem ampliar a visibilidade dos seus trabalhos, fazendo com que mais pessoas saibam da importância dessas doações para as organizações de Araçatuba. Quanto mais pessoas são impactadas pela campanha, maior são as garantias de um bom retorno para ambas”, explica a presidente Comdica, Maria Zilma Correa Dornelas.

Os prefeitos

Para o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, as parcerias são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer município. De acordo com ele, sem a força dos empresários, como também do Terceiro Setor, é impossível para o poder público atender às demandas sociais. “Nossa cidade tem se sobressaído econômica e socialmente, apesar da crise, por causa da força das parcerias. Nossa administração tem trabalhado para estar ao lado dos investidores, dos empresários, e de entidades sérias. Credibilidade e diálogo, sempre”, comenta o prefeito.

Especificamente sobre o SIRAN, Dilador lembra que é parceiro e colaborador da instituição desde antes de assumir a prefeitura. “Sei da envergadura dos trabalhos realizados pelo sindicato, do comprometimento dos seus membros e da força que ele move. Faço questão de dizer que o governo municipal de Araçatuba se sente honrada em ter o SIRAN como parceiro”.

O prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, também ressalta a importância das parcerias na cidade. “É fundamental para o crescimento social e econômico de Birigui o estabelecimento de parcerias e cooperações institucionais que visam fomentos de investimentos diversos, novos empreendimentos e benefícios para a população sob a forma de oportunidades em habitação, geração de empregos e urbanização social. A parceria entre a administração de Birigui e a BRN, com a participação também do Sinbi e ACIB é um exemplo de aproximação entre o poder público, iniciativa privada e instituições representativas, que podem promover ações muito positivas para o desenvolvimento do município”.

Página Anterior
 

Melhor Notícia Comunicação - Todos Direitos Reservados

Twitter
Youtube
FlickR
Facebook