Seja bem-vindo.

Releases
(07/12) Doar é um ato de amor
Em Provérbios 19:17 está escrito: “Quem trata bem os pobres empresta ao Senhor, e ele o recompensará”. A interpretação livre deste trecho bíblico permite uma corruptela: “Quem doa aos pobres, empresta a Deus”. Trata-se de uma metáfora poderosa, de abordagem ampla, que se refere desde recursos financeiros, produtos e serviços, a gratidão, respeito, sorrisos, ações. O conceito de doação carrega em si a relevância da entrega, implica na necessidade de retribuir o que foi agregado à vida do doador.

São infindáveis as situações e as entidades que dependem e merecem doações, mas é preciso uma atitude proativa do doador para reconhecer uma causa que necessita ser apoiada. Por parte das entidades, é necessário criar oportunidades para que as pessoas criem o hábito de fazer doações. É o que o Comdica de Araçatuba (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente) vem fazendo com a campanha para que Pessoas Físicas e Jurídicas doem parte do seu Imposto de Renda (IR).

Quem tem IR a pagar pode destinar parte do valor devido a entidades do município. A doação deve ser feita na conta corrente do FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Para que as instituições recebam e utilizem os valores no ano que vem, a destinação deve ser feita até o dia 30 de dezembro. A doação, que não gera encargo, pode ser abatida na declaração que deverá ser apresentada à Receita Federal em 2020. Os recursos são usados para custear projetos desenvolvidos por instituições que buscam a garantia de direitos de crianças e adolescentes.

Pessoas físicas podem destinar até 6% do imposto devido até o dia 30 de dezembro ou 3% no momento da declaração em 2020. Para isso, o contribuinte deve optar pelo formulário completo da declaração. Empresas também podem contribuir, porém o percentual é de 1% sobre o lucro real. O volume passível de arrecadação dos contribuintes de Araçatuba é de aproximadamente R$ 7 milhões. É uma oportunidade de o contribuinte garantir que parte do Imposto de Renda que elas devem pagar ao Governo Federal fique no município, beneficiando a população local.

Este é apenas um exemplo para dizer que filantropia deve fazer parte da cultura do brasileiro para que mudemos a nossa realidade. Que o ato transforme-se em hábito!

*Maria Zilma Correa Dornelas, é presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (Comdica) de Araçatuba

Página Anterior
 

Melhor Notícia Comunicação - Todos Direitos Reservados

Twitter
Facebook
Youtube
FlickR